Com ações e eventos que estimularam práticas sustentáveis, TJTO reforça compromisso com a responsabilidade sócio-ambiental

Com ações e eventos que estimularam práticas sustentáveis, TJTO reforça compromisso com a responsabilidade sócio-ambiental

Criado: Quinta, 06 Junho 2019 19:32

 

Mudas de Ipê amarelo/rosa e de Bougainville espalhadas pelo pátio externo do Tribunal de Justiça do Tocantins marcaram o último dia da Semana do Meio Ambiente, com várias atrações que realçaram as ações desenvolvidas pelo Núcleo de Gestão Ambiental (Nuges) do TJTO para estimular práticas sustentáveis, como a de utilizar racionalmente os recursos econômicos e ambientais, não só do público interno como também da sociedade.

O pátio externo da sede do Palácio Tocantins é enfeitado e sombreado por várias árvores verdes do Cerrado, entre elas os oitizeiros, conhecido por gerar um fruto amarelado, o oiti. Mas essa paisagem deverá ficar ainda mais convidativa e agradável quando o rosa e o amarelo dos ipês plantados na manhã desta quinta-feira (6/6) começarem a despontar daqui a uns cinco anos, na estimativa dos especialistas.
Se depender da alegria e da descontração da equipe do TJTO que colocou a mão na terra para plantá-los, a natureza talvez até adiante o tempo deles florecerem.

Por falar em equipe, coube à juíza auxiliar da Presidência, Rosa Maria Gazire Rossi, representando o presidente do TJTO, Helvécio de Brito Maia Neto, plantar a muda do primeiro ipê, rosa naturalmente. No que foi seguida pelo diretor-geral do TJTO, Jonas Demóstene Ramos, pela chefe de gabinete da Presidência, Glacielle Torquato, dos, respectivamente, diretores de comunicação, financeiro e judiciário, Kézia Reis Gizelson Monteiro de Moura e Francisco de Assis Sobrinho. Não menos entusiasmadas estavam a coordenadora e servidora do Nuges, Leila Jardim e Helena de Paula, além de demais servidores que participaram do plantio.

Coleta Seletiva

Fechando a programação da Semana do Meio Ambiente do TJTO, ainda ocorreram palestras sobre gerenciamento de resíduos sólidos e descarte ambientalmente correto de lixo doméstico e medicamentos. O engenheiro ambiental Danilo Silva Nunes e a estudante Yana Ferreira Bena apresentaram aos presentes o projeto Coleta Palmas, promovido pela Prefeitura da Capital, que incentiva a separação dos resíduos para a reciclagem. “A coleta seletiva só tem valor se houver envolvimento da sociedade, pois o resultado beneficia a todos”, explicou o especialista. Sobre o descarte de medicamentos, o enfermeiro Pedro Ferreira, do Espaço Saúde do TJ, alertou que medicamentos precisam ser descartados de forma correta, evitando a contaminação do meio ambiente.      

Durante a semana, servidores do Judiciário tocantinense e a comunidade palmense deram exemplo de consciência ambiental com a realização da Feira da Sustentabilidade, que reuniu o econômico, o ambiental, o social e o cultural ao expor e comercializar produtos orgânicos, equipamento que produz energia limpa e abrir espaços para o entretenimento de crianças com uma pitada de consciência ambiental, palestras educativas, e ainda para doação de roupas a pessoas carentes. Iniciativas contempladas no Plano de Logística Sustentável (PLS) e que vão ao encontro do que estabelece o planejamento estratégico do TJTO.

 

Texto: Marcelo Santos Cardoso / Fotos: Rondinelli Ribeiro

Comunicação TJTO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicada em: 07/06/2019 13:42:50